DISTÂNCIAS
Altair de Oliveira

Pudesse, eu seria doce
e, se desse, desde o começo
de sede, eu viesse cedo
relendo o seu endereço.

E fosse avesso do avesso,
azul do tanto que houvesse
gastasse um gesto de gesso
num beijo gosto de festa.

E nunca mais me esquecesse
feliz em todas as espécies...
Por mais que a vida nos perca
e a morte esperta nos pesque.
III FESTIVAL INTERNACIONAL DE POESIA EM GRANADA


CARNAVAL POÉTICO


MILHARES DE PESSOAS NA RUA. EM CADA ESQUINA DE GRANADA ALGUÉM SUBIA NO "POETA-MOVEL" E RECITAVA UMA POESIA.



EU SUBI E FALEI POR TODOS NÓS, POETAS BRASILEIROS.


E TOMEI UNS TRAGOS COM ERNESTO CARDENAL,


E POSEI PARA A FOTO COM UM BÊBADO DA RUA,


E CONHECI GIOCONDA BELLI,


RECITEI COM THIAGO DE MELLO,

E MAIS DE 200 POETAS DE TODOS OS CONTINENTES,


QUE ASSIM COMO EU E VOCÊ,
TEMOS UM VULCÃO ATIVO DENTRO DO PEITO,
PRONTO PARA EXPLODIR A QUALQUER MOMENTO,
COMO TANTOS VULCÕES QUE EXISTEM NA NICARÁGUA
E NO CORAÇÃO DOS POETAS.

VULCÃO MASAYA

Meu coração
se viu pela primeira vez
no espelho

---------------------------
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...